Pedágios das rodovias de SP vão ficar mais caros a partir de segunda-feira; veja tarifas

Os pedágios das rodovias paulistas ficam mais caros a partir da 0 hora de segunda-feira, dia 1º de julho. O reajuste é anual e está previsto nos contratos de concessão das estradas à iniciativa privada.

Este ano, o índice médio será de 4,66%. Mas, devido ao arredondamento, em algumas praças o índice sobe um pouco.

Dentre as estradas que cortam a região, na Rodovia Anhanguera em Perus e Bandeirantes em Caieiras a tarifa nas praças de pedágio sobem de R$ 9,20 para R$ 9,60.

Confira o reajuste nas principais praças de pedágios do estado:

Rodoanel Mário Covas

  • Trecho Oeste: de R$ 2,00 para R$ 2,10;
  • Trecho Sul: de R$ 3,40 para R$ 3,50;
  • Trecho Leste: de R$ 2,50 para R$ 2,60.

Anchieta-Imigrantes

  • Anchieta (Riacho Grande): de R$ 26,20 para R$ 27,40;
  • Imigrantes (Eldorado): de R$ 3,60 para R$ 3,80;
  • Imigrantes (Piratininga): de R$ 26,20 para R$ 27,40.

Ayrton Senna-Carvalho Pinto

  • Ayrton Senna (Itaquaquecetuba): de R$ 3,70 para R$ 3,90;
  • Ayrton Senna (Guararema): de R$ 3,50 para R$ 3,60;
  • Carvalho Pinto (São José dos Campos): de R$ 3,50 para R$ 3,60;
  • Carvalho Pinto (Caçapava): de R$ 3,60 para R$ 3,70.

Anhanguera

  • Anhanguera (Perus): de R$ 9,20 para R$ 9,60;
  • Anhanguera (Valinhos): de R$ 9,10 para R$ 9,50;
  • Anhanguera (Nova Odessa): de R$ 8,10 para R$ 8,40;
  • Anhanguera (Limeira): de R$ 6,10 para R$ 6,40;
  • Anhanguera (Leme): de R$ 7,60 para R$ 7,90;
  • Anhanguera (Pirassununga): de R$ 7,60 para R$ 7,90;
  • Anhanguera (Santa Rita do Passa Quatro): de R$ 7,30 para R$ 7,60;
  • Anhanguera (São Simão): de R$ 7,30 para R$ 7,60.

De acordo com o governo do Estado, o índice corresponde  à reposição da inflação medida pelo IPCA entre junho de 2018 e maio de 2019. O reajuste nessa data vale para as rodovias que tiveram contratos assinados das três primeiras etapas do programa, incluindo ainda os sistemas Anhanguera/Bandeiras e Anchieta/Imigrantes, dentre outros.  

Já nas duas concessões mais recentes, assinadas a partir de 2017, o reajuste será aplicado nas datas de aniversário dos contratos: Entrevias (6 de julho) e ViaPaulista (23 de novembro).

Na divulgação dos reajustes, o governo também anunciou a criação do conceito do Desconto para Usuário Frequente, que implantada na primeira concessão do governo Doria, o Lote Piracicaba-Panorama. O valor cobrado terá descontos progressivos para garantir um resultado médio no mês equivalente à tarifa que seria cobrada pelo trecho percorrido (a base do conceito do pedágio Ponto a Ponto). Assim, na prática, o motorista que usar mais a rodovia vai pagar menos.

Além disso, nos contratos assinados a partir de 2017, já está valendo também o desconto de 5% para todos os usuários que fizerem a opção pelo pagamento eletrônico (cabines automáticas com leitura de tag).