TJ ordena bloqueio de bens de Roberto Hamamoto

Em Acórdão publicado no dia 24 de julho deste ano, na semana passada, o Tribunal de Justiça ordenou, mais uma vez, o bloqueio de bens do ex-prefeito Roberto Hamamoto. A motivação se deu em razão de uma Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público de Caieiras.

Desta vez, ele terá de se defender para provar que o contrato com a Única Limpeza e Serviços Ltda no valor de quase R$ 6 milhões foi realizado de maneira correta. A decisão de bloqueio também alcança a empresa.

O MP ajuizou a ação alegando que os réus praticaram atos de improbidade com violação aos princípios norteadores da Administração Pública e dano ao erário.

O processo é público e pode ser consultado por qualquer cidadão no Fórum de Caieiras. Ainda cabe recurso.