29 de junho de 2022

Com Sede em Cajamar Mercado Livre anuncia investimento de R$ 4 bilhões no estado de SP

O Mercado Livre anunciou nesta segunda-feira (17) uma parceria com o Governo de SP para criação de 5 mil vagas de emprego, além de cursos profissionalizantes disponibilizados pelo Sebrae-SP e Centro Paula Souza. As iniciativas fazem parte do investimento de R$ 4 bilhões que a varejista fará no estado em 2021. O anúncio foi feito no centro de distribuição do marketplace em Cajamar, na região metropolitana de São Paulo.

“Os R$ 4 bilhões fazem parte do investimento de R$ 10 bilhões que o Mercado Livre planeja fazer no Brasil em 2021. Nos anos
anteriores, os valores foram R$ 4 bilhões (2020), R$ 3 bilhões (2019) e R$ 1 bilhão (2018)”, contou Fernando Yunes,
vice-presidente sênior e líder do Mercado Livre no Brasil. De acordo com ele, a razão do maior investimento ser em
SP é porque o estado concentra 85% dos vendedores do Mercado Livre.

“Atualmente, o comércio eletrônico corresponde a 11% do varejo no Brasil. Nos EUA, são 25% e, na China, 40%. O ritmo de
crescimento não vai ser o mesmo depois da pandemia, mas o setor continuará em expansão”, aposta Yunes.

Este é o maior aporte privado em um ano durante a gestão João Dória (PSDB). De acordo com o governador, a expectativa é gerar 5 mil empregos diretos nas regiões de Osasco e Cajamar, na Grande São Paulo, e Louveira, no interior do estado, onde o Mercado Livre tem centros de distribuição. Os valores serão distribuídos sobretudo nas áreas de logística
(cerca de 4.100), tecnologia e pagamentos.

Outra ponta da parceria é a criação de 100 mil vagas do curso “Como vender online?”, criado pelo Mercado Livre em parceria com Centro Paula Souza e Sebrae-SP, por meio do programa Empreenda Rápido. A empresa ainda vai oferecer descontos para participantes do Empreenda Rápido, programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e Sebrae-SP. As inscrições devem começar no segundo semestre.

“Além disso, 340 mil empreendedores terão direito a linhas de microcrédito em condições especiais no Banco do Povo, assim como descontos nas maquininhas do Mercado Pago, um mês de taxa zero, bônus de crédito, capacitação no Mercado Ads”, disse a secretária de Desenvolvimento de São Paulo, Patrícia Ellen.

Já os estudantes das Etecs e Fatecs das regiões de Cajamar, Louveira, Sorocaba e Osasco serão direcionados para as vagas abertas
pelo programa Minha Chance, voltado principalmente para jovens de 18 a 24 anos, que é a faixa etária mais impactada com o
desemprego na pandemia. Além disso, o Mercado Livre irá apoiar o aperfeiçoamento dos cursos de Logística do ensino
profissionalizante estadual.

“Esse investimento é uma oportunidade de qualificação profissional para milhares de pessoas que desejam investir ou impulsionar os negócios usando tecnologias modernas. O curso de 40 horas vai abordar temas como marketing digital, técnicas para vender online, estratégias de atendimento e negociação”, explicou Laura Laganá, diretora-superintendente do Centro Paula Souza.

Sobre o Mercado Livre

O Mercado Livre é a companhia líder em tecnologia para e-commerce e serviços financeiros na América Latina, que oferece
soluções para que pessoas e empresas possam comprar, vender, pagar, anunciar e enviar produtos e serviços por meio da internet.
Além da plataforma de e-commerce e da fintech Mercado Pago, a empresa conta com as seguintes áreas de negócios: Mercado Envios,
Mercado Livre VIS (Veículos, Imóveis e Serviços), Mercado Ads e Mercado Shops. Maior e mais completo marketplace da América Latina,
o mercadolivre.com tem 69,8 milhões de usuários ativos e mais de 12 milhões de vendedores, incluindo grandes marcas, alcançando 27 vendas por segundo. Já o Mercado Pago, com mais de 60 milhões de pagadores ativos, oferece uma plataforma completa de tecnologia financeira com conta gratuita, soluções de pagamento e crédito. Fundado em 1999 e presente em 18 países, o Mercado Livre é a única
companhia da América Latina entre as top 10 Melhores Empresas para Trabalhar no Mundo, segundo o GPTW 2020.