Connect with us

Policial

Agentes de segurança abatem drone com celulares e apreendem drogas

Published

on

Aparelhos celulares e drogas foram apreendidas entre os dias 2 e 3 de fevereiro nas penitenciárias II “Nilton da Silva”, III “José Aparecido Ribeiro” e no CPP, Centro de Progressão Penitenciária, de Franco da Rocha, unidades administradas pela Coremetro, Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Paulo.

De acordo com a SAP, Secretaria da Administração Penitenciária, no domingo, 3, um drone foi avistado sobrevoando a Penitenciária II de Franco da Rocha. Ao ser interceptado, os agentes da unidade contabilizaram 19 aparelhos celular, sendo 13 micro celulares, 4 aparelhos comuns, 2 smartphones, 16 chips, 2 carregadores e 1 cabo USB. Ainda no domingo, a companheira de um preso da unidade tentou burlar a fiscalização levando entorpecentes em seu chinelo. A mulher levava substâncias características à maconha e à cocaína.

Os agentes de segurança do CPP, Centro de Progressão Penitenciária, de Franco da Rocha também realizaram um flagrante com a companheira de um sentenciado. A visitante tentava entrar na unidade prisional com dois invólucros contendo substância análoga à cocaína escondidos em sua genitália.

As apreensões flagradas em unidades prisionais de Franco da Rocha foram registradas no Distrito Policial do município.

Ilícito análogo à maconha também foi apreendido com uma visitante da Penitenciária III “José Aparecido Ribeiro”, de Franco da Rocha. O flagrante aconteceu o sábado, 2, após a mãe do preso passar em revista pelo scanner corporal e o aparelho mostrar anormalidade no cós de sua calça. Os agentes constataram 42 gramas do ilícito com a mesma.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cajamar

Prefeitura mostra grande queda na criminalidade em Cajamar

Published

on

By

O novo sistema de segurança do município proporcionou uma diminuição expressiva no número de ocorrências, em comparação aos índices de 2018.

Fonte: PMC

Desde o início de 2020, o Programa Muito + Segurança intensificou as ações do combate à criminalidade, através da modernização do sistema de segurança e aquisição de novos equipamentos para reforçar as ações em todo o município, assim como a reforma e modernização de bases de operação.

Todos esses avanços apresentaram uma diminuição expressiva de ocorrências de criminalidade em Cajamar, em comparação aos índices de 2018. Os dados, fornecidos pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana, apresentam queda em relação aos índices de homicídios, estupros, roubos e furtos de veículos e ocorrências de roubos e furtos em geral.

O Programa Muito + Segurança modernizou todo o sistema de monitoramento da cidade, através da instalação de totens de vigilância nas principais entradas e saídas do município e ainda conta com mais de 100 câmeras de última geração, que possuem função giratória, com longo alcance, instaladas em pontos estratégicos da cidade. As imagens são acompanhadas 24 horas, em tempo real pela equipe da guarda municipal.

Para reforçar a eficácia, o município agora também está integrado ao Sistema Detecta do Governo do Estado de São Paulo. Um sistema de monitoramento inteligente desenvolvido pela Secretaria de Segurança Pública que unifica as informações do estado, realizando o controle através do uso de câmeras de vigilância com a tecnologia OCR, que tem a função de fazer a leitura da placa dos veículos, com objetivo de inibir atos ilícitos e identificações por onde os veículos circulam.

Em agosto foi inaugurado o Centro de Controle Operacional (CCO), onde é localizado a central do Sistema de Videomonitoramento. Na inauguração, foram entregues novos equipamentos e armamentos de segurança para a equipe da GCM, incluindo 60 pistolas .40 TAURUS; 8 carabinas .40 TAURUS; 116 novos coletes; 10 mil munições .40; 18 equipamentos de choque completo (capacete, joelheira, cotoveleira, caneleira e o escudo) e 181 novos uniformes. Cada GCM recebeu 2 pares de kit com duas calças, duas camisetas, coturno, cinturões táticos e o colete.

Continue Reading

Cajamar

Guarda Municipal de Cajamar inicia Operação ‘Fim de Ano Seguro’

Published

on

By

Programa Muito + Segurança reforçou o patrulhamento com equipes da Guarda Civil e Policia Militar para apreender motocicletas barulhentas e coibir crimes durante o fim de ano.

Fonte: PMC Departamento de Comunicação e Imprensa

O Programa Muito + Segurança, através da Guarda Civil Municipal de Cajamar (GCMC), iniciou no mês de dezembro a Operação “Fim de Ano Seguro”, que visa o reforço diário com patrulhamento ostensivo nas ruas e centros comerciais de Cajamar. A ação irá durar até o dia 4 de janeiro e contará com um efetivo diário de 30 guardas civis municipais com o auxílio de viaturas, bases móveis, equipes táticas de Rondas Operacionais com Motocicletas (ROMO), Rondas Ostensiva Municipal (ROMO) e Canil.

A operação de fim de ano da Prefeitura de Cajamar contará com o apoio do Sistema de Videomonitoramento, através dos totens de segurança e mais de 100 câmeras de última geração, instaladas em pontos estratégicos da cidade, com captações de imagens em 360º graus, todos controlados por agentes da Guarda Civil Municipal direto da sede do Centro de Controle Operacional, importante equipamento público inaugurado em agosto deste ano.

O principal objetivo da operação é coibir crimes, principalmente furtos e roubos no período em que a população intensifica as compras de final de ano. O Prefeito Danilo Joan destaca a importância da operação neste período em que o comércio será aquecido. “Estamos vivendo um período de retomada econômica depois de meses de pandemia e o comércio local conta com essa movimentação maior de final de ano. Nesta época, a presença policial ostensiva garantirá tranquilidade para os comerciantes e clientes durante as compras”, destacou.

Fiscalização

A Secretaria de Segurança Urbana, em parceria com Secretaria de Mobilidade e Desenvolvimento Urbano, intensificaram nos últimos dias as operações de fiscalização dos motociclistas que, contrariando o Código de Trânsito Brasileiro, insistem em circular pela cidade com motos barulhentas ou sem placas de identificação.

“O alvo principal da Guarda Civil Municipal e dos agentes de trânsito do Departamento de Mobilidade Urbana e Trânsito são as motocicletas com o sistema de descarga alterado, como a retirada do silenciador ou substituição do cano original por outro esportivo, o que vem gerando muitas reclamações por parte da população por conta do barulho, principalmente no período de final de ano. As operações estão sendo realizadas em dias e locais alternados e que não serão divulgados, visto que se trata de infração às leis de trânsito”, explica Cássio Gonçalves, comandante da Guarda Civil Municipal.

Recomendações

Além do reforço no patrulhamento com as equipes de segurança, a Secretaria de Segurança Urbana alerta a população com relação aos cuidados a serem tomados com aparelhos de celulares, bolsas, carteiras e demais pertences que possam chamar a atenção de pessoas mal-intencionadas. “É preciso ter muita cautela, especialmente no horário de fechamento dos estabelecimentos, quando há uma circulação menor de pessoas. Outra recomendação é evitar fazer uso de serviços bancários no período noturno”, orienta Cássio Gonçalves, comandante da Guarda Municipal.

Em casos de situação de risco ou ameaça, a Guarda Municipal pode ser acionada por meio do 153 e 4447-4000 ou a Polícia Militar no número de telefone 190.

Operação Fim de Ano

A operação “Fim de Ano Seguro” é mais uma ação da Prefeitura de Cajamar através do Programa Muito + Segurança, que desde o início do ano tem investido no combate à criminalidade equipando os agentes da Guarda Municipal com novos armamentos, viaturas, fardamento e tecnologia para o combate a criminalidade.

Continue Reading

Brasil

Tiro que atingiu motorista de van na Zona Norte do Rio desviou em botão da bermuda

Published

on

By

Juadson Luz Almeida afirma que discutiu com passageira, que é soldado da PM, após ela insistir em desembarcar fora do ponto. Polícia Militar diz que agente fez disparo como forma de defesa após atrito verbal.

Por Luana Alves, Bom Dia Rio

A bala que acertou o motorista de van Juadson Luz Almeida, de 32 anos, bateu no botão da bermuda e depois na virilha. Após ser atingido, depois de uma confusão dentro do veículo no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, ele foi atendido no Hospital Getúlio Vargas e liberado no fim da noite de terça-feira (8).

Juadson foi baleado após uma discussão com uma passageira, a soldado da PM Gabriela Dias da Cruz, lotada na UPP Fazendinha. Segundo o motorista, ela teria pedido para desembarcar fora do ponto e eles discutiram.

Juadson conta que desembarcou e foi atingido.

“Ela pediu para saltar fora do ponto, não especificou em qual ponto ela ia saltar. Eu não posso sair parando em qualquer lugar, da forma que ela quiser. Têm locais próprios para poder parar. Eu desembarquei do carro com ela me xingando, dizendo que eu meti a mão na arma e a ameacei. E ela atirou. O médico disse que o que me salvou, primeiramente, foi Deus, mas a bala bateu aqui e desviou”, disse Juadson.

Testemunhas afirmam que, quando ela desceu da van, já estava xingando o motorista e o chamando para um conflito.

“Ela estava completamente descontrolada. Ela começou a insultar, a xingar, começou uma discussão. Ela não parava de xingar e nisso, quando estava perto do trajeto, na hora dela descer, ela o chamou: ‘desce aí, desce para você ver’. Chamando ele para a mão”, disse uma pessoa que não quis ser identificada.

A defesa de Juadson afirma que ele vai prestar queixa na Corregedoria da Polícia Militar contra a soldado.

Assim que saiu do hospital, o motorista foi levado para a 21ª DP (Bonsucesso). A família disse que ele estava sangrando e com dor. A irmã do motorista questionou a conduta da Polícia Civil.

“Eles pediram para o meu irmão levantar e ir até uma cadeira. Eu tentei ajudar. Ele deixou e depois disse: ‘Quer saber? Volta para lá. Você está sujando a delegacia toda’. E quando ele chegou perto do meu irmão falou: ‘Cuidado para ele não tomar a minha arma também’. E nisso eu via a menina que fez o disparo sendo super bem atendida lá dentro”, disse a familiar.

Motorista de van é baleado por PM na Zona Norte do Rio — Foto: Reprodução redes sociais

O outro lado

Segundo informações da Polícia Militar, a policial fez o disparo como forma de defesa depois de um atrito verbal entre ela e o motorista da van. A PM informou ainda que abriu um procedimento para apurar os fatos.

A Polícia Civil também foi procurada, mas não respondeu até a publicação da reportagem.

Continue Reading
Advertisement
Advertisement

Trending

Portal TopTVOn Brasil ©2021