Connect with us

Jundiaí

Crematório em Jundiaí ‘eterniza’ animais

Published

on

Quem tem bichinho de estimação sabe: eles viram membros da família. Companheiros, por vezes passam anos ao nosso lado. Mas o que fazer quando eles se vão? Mário Takeuti, dono do cachorro Toty, gostaria de cremá-lo, mas ele faleceu antes e deixou o cão com sua filha.

Na última semana Toty se foi e a vontade de Mário foi atendida. Ele foi cremado no Pet Crematório Jundiaí, o único espaço da cidade que realiza esse tipo de atendimento.

Agora, as cinzas do pequeno Toty serão divididas em espaços que, de certa forma, o ‘eternizarão’: “Uma parte dele vai ficar em um vaso de orquídeas, que será depositado ao lado de onde meu pai foi enterrado”, diz Erika Taukeuti, filha de Mário. O restante das cinzas serão colocados na árvore da felicidade de Erika e também no jardim de sua irmã.

“O cachorro tem o dom de curar qualquer tristeza, então porque no final da vida dele não ter uma homenagem bonita e que nos permita ter os seus restos mortais, ao invés de descartá-lo? A cremação parece chocar, mas não é, a vida está nas lembranças. Agora ele será lembrado para sempre!”, continua.

E, assim como Erika, muitos são os que optam por cremar os seus animais. No espaço, os donos podem optar pela coletiva, em que mais de um cão por vez é cremado, ou então individual.

“No caso do coletivo, uma vez por mês escolhemos uma praça ou local de reflorestamento para jogar as cinzas e para que o dono saiba onde ele está. É uma forma de devolver para a natureza, imagine colocar todos no aterro?”, explica Wilson Roberto Baroni, operador da máquina de cremação.

As cinzas do animal cremado de forma individual são depositadas em uma caixinha de madeira. Aí, o dono pode escolher o que fazer: se quer guardar ou jogar em algum lugar específico, como é o caso da Erika e do cãozinho Toty.

O atendimento começa a partir do momento que o animal se vai: com atendimento 24h, o dono pode ligar no crematório que um veterinário está sempre de prontidão para buscá-lo, basta esperar o tempo de deslocamento. Então o animal é colocado em um saco específico e vai para a câmara fria, onde permanece até a cremação, que ocorre às quartas-feiras.

Ao entrar na salinha, os donos se separam com uma imagem de São Francisco, o padroeiro dos animais, com velas acesas. Ali, pode pedir pelo seu cãozinho, para que vá em paz. Antes da cremação Wilson também conduz outra oração, ao lado do corpo do animal.

“Mesmo que o dono não consiga vir acompanhar, já cheguei a fazer oraçao por celular também. E mesmo sem ser por celular e sem o dono aqui, eu faço oração antes de todas as cremações, mesmo as coletivas”, continua Wilson.

Dada a hora da cremação, tudo é pensado para o mínimo impacto ambiental possível: a energia utilizada é limpa e todos os gases poluentes que saem do corpo do animal passam por um processo de requeima, para que não sejam soltos no meio ambiente pela chaminé.

A ideia da cremação ainda auxilia na preservação do meio ambiente. “É ecológico, já que muitas vezes quando um animal morre ele é levado para o aterro e pode acabar contaminando os lençóis freáticos e prejudicando os cursos d’água. Além de que, cremação também o futuro para humanos”, afirma Celso Buzzo, dono do crematório.

Ele conta que a ideia de abrir o Pet Crematório surgiu há aproximadamente cinco anos, quando um conhecido perdeu seu animal e não sabia o que fazer. “Ele colocou em um saco plástico, mas ficou chateado por isso, não achou digno. Aí eu fui tirando a ideia, pesquisei na internet, vi que tinha em Campinas e também em São Paulo e decidi trazer para Jundiaí”, continua.

Depois da cremação, todos os cãezinhos ganham uma homenagem na sede do Pet Crematório e também no site, onde os donos podem escrever um texto de homenagem e uma foto. Vira, dessa forma, uma espécie de memorial.

Seja cremação coletiva ou individual, as pessoas não poupam esforços para homenagear os bichinhos após sua morte, já que, em vida, fizeram a vida de todos muito feliz. Uma linda homenagem, não?

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jundiaí

Pai é preso acusado de estuprar a própria filha de 8 anos em Jundiaí

A PM foi acionada pela namorada do acusado. Aos soldados Iório e Fernandes, ela contou que havia realizado um churrasco em sua casa e que o namorado levou os filhos de 8 e 10 anos. Em determinado momento, as crianças ficaram com sono e foram levadas para um quarto.

Published

on

By

Um homem foi preso por policiais militares do 49º Batalhão Batalhão de Jundiaí, na madrugada deste domingo (5), na rodovia Geraldo Dias, poucos minutos depois de ter estuprado a filha de 8 anos, durante um churrasco no Jardim Fepasa, segundo relato do filho de 10 anos.

A PM foi acionada pela namorada do acusado. Aos soldados Iório e Fernandes, ela contou que havia realizado um churrasco em sua casa e que o namorado levou os filhos de 8 e 10 anos. Em determinado momento, as crianças ficaram com sono e foram levadas para um quarto.

Como o namorado estava demorando a retornar, ela foi ao quarto e encontrou as duas crianças assustadas. O menino contou que o pai deitou sobre a filha e esfregou o pênis na genitália dela, além de ficar esfregando as mãos nesta região do corpo. A essa altura, o suspeito já havia deixado o local, de carro.

Os PMs conversaram informalmente com a criança, para também tranquilizá-la, mas a versão do irmão foi menina que disse não ter sido a primeira vez que o pai havia feito aquilo, mas que nunca havia contado para a mãe, por medo.

Com informações de onde o acusado poderia ter ido, os PMs foram à caça e acabaram o localizando transitando pela rodovia. Foi dado ordem de parada, mas ele tentou fugir, sendo detido em seguida. Sem nem mesmo saber do que se tratava a abordagem, disse aos policiais que tudo não passava de um mal entendido, mas que não falaria mais nada sem a presença do advogado.

Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido ao Plantão Policial, onde o flagrante foi registrado e o homem permaneceu à disposição da Justiça. A criança foi levada pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência Samu) ao Hospital Universitário (HU) para atendimento médico, sendo recolhido indícios dos fatos.

A mãe da criança, que mora em um município vizinho com os filhos, foi informada dos fatos. A criança permaneceu internada em observação. Com informações do Jornal de Jundiaí.

Continue Reading

Jundiaí

Shoppings de Jundiaí reduzem horário de expediente

Published

on

By

Com a pandemia do novo coronavírus (COVID-19), os shoppings de Jundiaí passam a atuar com horário reduzido para evitar a transmissão do vírus.

O JundiaíShopping irá operar de forma reduzida até o dia 1º de abril, conforme recomendações decretadas pelas autoridades públicas. Portanto, o horário de funcionamento será das 12h às 20h, de segunda a domingo.PUBLICIDADE

Já o Maxi Shopping Jundiaí funcionará temporariamente com horário reduzido a partir desta quarta-feira (18), de segunda a domingo, das 12h às 20h.

Os centros comerciais adotaram a medida conforme orientação da Associação Brasileira Centers (ABRASCE), que visa minimizar os impactos da disseminação da doença.

Além disso, os estabelecimentos intensificaram a limpeza e higienização do ambiente e disponibilizaram álcool gel em pontos estratégicos para uso dos consumidores.

Continue Reading

Cajamar

Prefeito de Cajamar fará palestra sobre gestão pública em Jundiaí

Published

on

By

Com informações do Destaque Regional – Fernando Crus

Pela primeira vez um prefeito de Cajamar irá representar a cidade apresentando resultados positivos da gestão pública, visto que, em nove meses, a atual administração está realizando diversas entregas de projetos promovendo benefícios para a população

O prefeito de Cajamar Danilo Joan foi convidado para compor o grupo de palestrantes da 1ª Edição da Semana do Empreendedor que será realizada entre os dias 9 e 13 de março na sede do Núcleo de Jovens Empreendedores (NJE) do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP), localizada em Jundiaí.

O evento é destinado para àqueles que pretendem crescer no mundo dos negócios e, para isso, foi preparada uma semana totalmente diferenciada com o intuito de fomentar o empreendedorismo entre os jovens. A ideia é ampliar a cultura empreendedora das pessoas que participam do grupo, apresentando oportunidades de networking e troca de experiências com os palestrantes convidados.

De acordo com o responsável pela CIESP Jundiaí, os palestrantes selecionados foram escolhidos a partir de histórias inspiradoras que envolve o empreendedorismo e, pela primeira vez, um prefeito de Cajamar irá representar a cidade falando sobre os resultados de gestão pública. O convite aconteceu devido aos resultados positivos que Cajamar vem apresentando em algumas áreas, chegando a ser referência de gestão, visto que, em nove meses, a atual administração está realizando diversas entregas de projetos pontuais, promovendo muitos benefícios para a população.

A programação terá início no próximo domingo (09) com o palestrante Thiago Pirinelli que irá falar sobre o tema: ‘Bata meta todo dia’. A palestra com o chefe do executivo de Cajamar, Danilo Joan, será na quarta-feira (12), abordando o tema: ‘Trajetória Empreendedora’, que abrange toda a sua trajetória como empresário, político e atual prefeito de Cajamar.

Para participar do evento basta fazer a inscrição gratuita pelo Sympla, informando a palestra desejada.

Confira a programação completa da 1ª Semana do Empreendedor:

12/03: das 19h às 21h30: Danilo Joan – ‘Trajetória Empreendedora’. Danilo Joan é empresário, político e atual prefeito de Cajamar/SP.

13/03: das 8h30 às 11h: Jessé Ferreira Guimarães – “Empresas, inovação e startups no mundo 4.0”. Engenheiro Mecânico, masterclass em inovação pela Hyper Island e experiência executiva em empresas como Volkswagen, Schmersal, Warner Bros e SBT. Professor universitário, investidor anjo e sócio das Startups FARG, Cotabox e Eztools.

Continue Reading
Advertisement
Advertisement

Trending

Portal TopTVOn Brasil ©2021