Connect with us

Utilidade

Licenciamento: abril é o mês dos veículos de placas final 1

Published

on

Os proprietários de veículos com placas final 1 já podem fazer o licenciamento. A data limite para regularizar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) é dia 30 de abril. O proprietário que perder o prazo está sujeito a receber multa.

O valor da taxa é de R$ 90,20 e por mais R$ 11 o motorista pode receber o documento em casa. O Detran.SP ressalta que não basta apenas pagar a taxa, é preciso que haja a emissão do documento.

O passo a passo para efetuar o serviço pode ser consultado em www.detran.sp.gov.br, na área de “Veículos”>”Licenciamento Anual”. A página disponibiliza um “tira dúvidas” e também um chat online para o motorista se informar sobre o licenciamento.

Como licenciar – O valor do licenciamento em 2019 é de R$ 90,20 para todo tipo de veículo. Não é necessário ir às unidades do Detran.SP ou imprimir boleto para pagar a taxa. Basta informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) ao caixa bancário ou selecionar essa opção nos terminais eletrônicos das agências ou no internet banking. É preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas, por exemplo. Algumas unidades do Detran.SP dispõem de máquina para pagamento com cartão de débito. Não é preciso esperar chegar o mês do final de placa do veículo. É possível licenciar de forma antecipada.

Retirada do documento – Com o comprovante de pagamento e um documento de identificação em mãos, o condutor pode ir ao Detran.SP ou posto Poupatempo para solicitar a emissão do documento. Se preferir, é possível pagar junto com a taxa o custo de envio pelos Correios, de R$ 11, para receber o documento em casa. A entrega pode ser acompanhada pelo portal www.detran.sp.gov.br, em “Serviços Online”.

Apreensão do veículo – Licenciamento em atraso gera a remoção do veículo ao pátio. Além disso, o proprietário recebe multa de R$ 293,47 e sete pontos na habilitação por conduzir veículo que não esteja devidamente licenciado, o que é infração gravíssima, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Pagar o licenciamento em atraso também gera a cobrança de multa e juros. Caso não seja feito, o dono do veículo pode ter o nome inscrito no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados (Cadin) e na dívida ativa do Estado pelo débito em aberto.

Para auxiliar o cidadão a não perder o prazo, o Detran.SP oferece o envio gratuito de alerta 30 dias antes do vencimento via SMS e push no celular. Para isso, é só cadastrar o celular no portal detran.sp.gov.br e autorizar o recebimento.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cajamar

Vacinação contra a COVID-19 para pessoas de 39 anos nesta sexta-feira (09) em Cajamar

Published

on

By

Para agilizar o atendimento, é importante preencher o formulário online, disponível através do site https://vacinaja.sp.gov.br

Fonte: PMC

Nesta sexta-feira (09), feriado estadual, a Secretaria de Saúde de Cajamar irá avançar mais uma etapa do Cronograma de Vacinação contra a COVID-19. Desta vez, o público alvo são pessoas de 39 anos.

Neste feriado, as imunizações serão aplicadas exclusivamente nos distritos de Jordanésia e Polvilho. Em Jordanésia, o Polo de Vacinação está localizado no Centro de Eventos Boiódromo, e as imunizações são aplicadas pelo sistema drive-thru, sem precisar sair do veículo (entrada pelo Ginásio de Esportes Prefeito Manoel Álvares, em Jordanésia). No Polvilho, a vacinação está sendo aplicada no Ginásio Antônio Carlos Tramassi (estacionamento para veículos disponível ao lado do ginásio). Atendimento das 09h às 17h.

Para receber a imunização não é necessário agendar. Para agilizar o atendimento, é importante preencher o formulário online, disponível através do site https://vacinaja.sp.gov.br. No momento da aplicação, é preciso apresentar documento original com foto, cartão do SUS e comprovante de residência.

As novas etapas da campanha serão divulgadas conforme o recebimento dos lotes de imunizações. É importante acompanhar os meios de comunicação oficiais da Prefeitura de Cajamar (site e redes sociais), onde serão transmitidas as atualizações das próximas fases do cronograma de vacinação.

POLOS DE VACINAÇÃO

Atendimento das 9h às 17h:

  • Drive-thru: Centro de Eventos “Boiódromo”, em Jordanésia Av. Vereador Joaquim Pereira Barbosa nº 827 (entrada pelo Ginásio de Esportes Prefeito Manoel Álvares, em Jordanésia)
  • Ginásio do Polvilho: Ginásio de Esportes “Antônio Carlos Tramassi”, no Polvilho. Rua Creuza Ferreira de Araújo nº 120 (estacionamento para veículos ao lado do Ginásio)

Documentos obrigatórios: documento original com foto, cartão do SUS e comprovante de residência.

Continue Reading

Cajamar

SP lança Vale Gás que vai beneficiar 500 mil pessoas em situação de vulnerabilidade

Published

on

By

Programa terá investimento superior a R$ 30 milhões e será destinado a moradores de comunidades carentes em 82 municípios

O Governador João Doria anunciou, nesta quinta-feira (17), o lançamento do Vale Gás, novo programa de proteção social do Governo de SP que vai beneficiar cerca de 500 mil pessoas em situação de alta vulnerabilidade em todo estado. A iniciativa inédita em SP vai garantir transferência de renda para a compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg) e levar mais dignidade a mais de 100 mil famílias carentes em todo estado. O programa gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Social receberá investimento superior a R$ 31,3 milhões, alcançando um total de 82 municípios.

“Este é um dos mais importantes programas que nós já lançamos aqui, porque muda a vida de muita gente. Quem não tem sabe o que é ter um botijão de gás para atender a uma família durante dois meses. Por isso estamos fazendo um programa para atender meio milhão de pessoas aqui no Estado de São Paulo. É um enorme esforço que estamos fazendo para ajudar quem mais precisa”, destacou Doria.

Por meio do programa, 104.340 famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza, que moram em comunidades carentes e favelas (classificadas como aglomerados subnormais), terão acesso a três parcelas bimestrais do benefício, no valor de R$ 100,00 cada, a serem pagas entre os meses de julho e dezembro de 2021. A previsão para o pagamento da primeira parcela do benefício é 20 de julho.

“Com essa iniciativa, o Governo de São Paulo dá mais um passo importante para garantir a proteção social e segurança alimentar de famílias em maior fragilidade frente aos desafios impostos pela pandemia”, afirma a Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Célia Parnes.

Terão acesso ao programa as famílias inscritas no CadÚnico (sem Bolsa Família) e com renda mensal per capita de até R$ 178,00. Para saber se poderá ser inserido no programa, o cidadão deve entrar no site oficial do Vale Gás (www.valegas.sp.gov.br) e consultar a elegibilidade ao benefício. O site já está disponível e basta digitar o número do NIS (Número de Inscrição Social) para ter acesso às informações.

Veja os 82 municípios participantes do programa Vale Gás

Americana, Amparo, Atibaia, Bananal, Barueri, Bauru, Bertioga, Biritiba-Mirim, Botucatu,  Caçapava,  Caieiras, Cajamar, Campinas,Campo Limpo Paulista, Campos do Jordão,  Capivari, Caraquatatuba, Carapicuíba,  Cordeirópolis, Cotia,  Cruzeiro, Cubatão, Diadema,  Embu das Artes, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato,  Franco da Rocha, Guaratinguetá, Guarujá,  Guatulhos, Hortolândia, Ibirarema,  Ibiúna, Ilhabela, Itapecerica da Serram,  Itapevi, Itaquaquecetuba, Itirapina, Itu, Jacareí, Jandira, Jundiaí, Lorena, Mairinque, Mairiporã, Marília, Mauá,  Mogi das Cruzes, Osasco, Pederneiras,  Peruíbe,  Piracicaba, Pirapora do Bom Jesus,  Poá, Praia Grande, Ribeirão Pires, Ribeirão Preto, Rio Claro, Rio Grande da Serra,  Salto, Santa Cruz do Rio Pardo, Santana de Parnaíba,  Santo André, Santos,  São Bernardo do Campo,  São José dos Campos, São Paulo, São Pedro, São Roque, São Sebastião, São Vicente, Sorocaba, Sumaré, Suzano,  Tabatinga,  Taboão da Serra, Tatuí, Tremembé, Ubatuba, Várzea   Paulista,  Votorantim.

Vale Gás integra o Bolsa do Povo

O Vale Gás é um dos benefícios englobados pelo Bolsa do Povo, maior programa de proteção social já anunciado pelo Governo de São Paulo. Lançado em maio deste ano, a iniciativa tem o objetivo de concentrar a gestão de benefícios, ações e projetos para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Somente para 2021, estão previstos R$ 1 bilhão em recursos para o Bolsa do Povo.

Nele foram incorporados os programas Renda Cidadã, Via Rápida, Bolsa-Trabalho, Ação Jovem, Bolsa Talento Esportivo, o auxílio-moradia emergencial (Aluguel Social) e o recém-lançado Vale Gás. Também está prevista a contratação de mães e pais nas escolas, além da contratação de agentes de apoio na Saúde. O Bolsa do Povo vai pagar benefícios de até R$500 e poderá beneficiar até 500 mil pessoas direta e indiretamente nos 645 municípios. O portal do Bolsa do Povo, desenvolvido pela Prodesp, pode ser conferido no endereço www.bolsadopovo.sp.gov.br.

Continue Reading

Cajamar

Pessoas com comorbidades devem levar cópia de laudo médico quando forem vacinar

Published

on

By

Fonte: PMC

A medida tem como objetivo evitar fraudes de pessoas que tentam passar na frente sem pertencer aos grupos prioritários

A partir dessa semana, a Secretaria de Saúde solicita uma cópia da declaração, receita ou laudo médico de pessoas com comorbidades que forem receber a primeira dose de vacinas contra a COVID-19. A medida foi estabelecida seguindo orientações do Ministério Público, e tem como objetivo evitar fraudes de pessoas que tentam passar na frente, sem pertencer aos grupos prioritários.

A nova determinação entrou em vigor nesta segunda-feira (31). Com isso, é preciso que no momento da vacinação a pessoa leve junto uma cópia da receita ou laudo médico para que seja anexado no cadastro. Continuará sendo necessário também a apresentação de comprovante de residência do município e documento com foto.

Esse novo critério será utilizado em todos os municípios de São Paulo, visando garantir que a imunização está sendo aplicada rigorosamente apenas nos grupos prioritários liberados. Caso seja detectado qualquer tipo de irregularidade, será iniciado um processo civil/criminal, com encaminhamento para providências do Ministério Público (MP).

Continue Reading
Advertisement
Advertisement

Trending

Portal TopTVOn Brasil ©2021